Home Dicas O que considerar ao escolher um consórcio?

O que considerar ao escolher um consórcio?

de Administrador
O que levar em consideração na hora de escolher um consórcio?

O atual cenário econômico do país tornou o consórcio de automóveis um dos principais termos para adquirir o veículo desejado.

Para se ter uma ideia, segundo dado da ABAC (Associação Brasileira de Administradores de Consórcios) a participação do consórcio no mercado de veículos leves domésticos foi de 30,7% entre janeiro e novembro de 2016, 5,4% a mais do que em 2015.

E a principal razão é que, ao contrário do financiamento, o consórcio não experimenta o impacto das taxas de juros, o que torna os pagamentos menores, especialmente em um tempo em que os juros aumentam.

Mas como escolher um consórcio de carro? Se você está interessado na modalidade, mas ainda assim tem dúvidas, leia este post. Saiba quais pontos devem ser levados em conta ao fazer essa escolha.

Administrador

Antes de assinar um contrato com um administrador de consórcio, deve-se verificar o site do Banco Central, se a instituição está autorizada pela organização a realizar esse tipo de transação financeira no mercado.

E mesmo que o administrador seja autorizado, recomenda-se realizar pesquisas no próprio banco central ou no potencial julgamento de créditos ex-sindicados, a fim de obter uma melhor compreensão da reputação do administrador e não arrependimento no futuro.

A taxa de administração e o fundo de reserva

Como dissemos no início do artigo, o consórcio de automóveis não sofre com o impacto dos juros, mas tem custos administrativos, nada comparado com o interesse do financiamento.

A taxa de administração é usada para gerenciar o grupo de consórcios, e o fundo de reserva, usado para cobrir eventos inesperados, como casos de falhas e consórcios.

A questão é que ambas as taxas podem variar de um administrador para outro. Portanto, é preciso fazer pesquisas sobre as condições antes da escolha do seu consórcio de carro.

O tempo, as faixas e as ofertas do consórcio para o carro

Administradores podem escolher diferentes momentos, acompanhar e oferecer condições, para que você possa pesquisar por um longo tempo antes de entrar em um contrato.

Os menores serão desenhados, o que pode ser de duas maneiras: linear ou decrescente.

Você também pode fazer ofertas para aumentar as chances de ser contemplado. As regras de submissão também podem mudar dependendo do administrador. Elas tendem a ser fixas (percentual determinado sobre o valor total do crédito consignado) ou gratuito (na escolha do consorte).

Liberdade de escolha do veículo

Ao coletar um consórcio de carro, alguns administradores pedem o modelo que você tem em mente. Em alguns casos, essas informações servem apenas para esclarecer o valor do crédito a ser reclamado, mas em outros, o administrador pode lhe vender um consórcio específico para aquele carro e não para uma carta de crédito no valor do veículo.

O que tiramos disso?

Finalmente, deve-se notar que o consórcio de automóveis é uma forma segura e acessível para conquistar o veículo que sempre desejou. Ainda assim, é preciso considerar todos os termos e condições dadas pelo administrador. Desta forma, você vai garantir um bom mercado e adquirir o seu carro de forma planejada e consciente.

Você ainda tem dúvidas sobre como escolher o seu consórcio de carro? Você tem alguma experiência com essa modalidade que você gostaria de compartilhar? Deixe uma mensagem em comentários! Confira também o nosso site para fazer uma cotação.

Artigos Relacionados

Open chat