Home Dúvidas Quer programar suas parcelas do consórcio?

Quer programar suas parcelas do consórcio?

de Administrador
Quer se programar? Saiba como as parcelas do seu consórcio são calculadas

Se você está procurando por uma alternativa de consórcio, você deve estar ciente de que pagamentos são uma das coisas que você precisa examinar com mais cuidado. Afinal, elas representarão uma fatia do seu orçamento mensal e é importante que suas finanças permaneçam saudáveis. É claro que, em uma primeira análise, você quer saber qual o valor exato que precisará para investir todos os meses. No entanto, é importante que você tenha uma visão geral abrangente de todo o processo. Para conhecer o financiamento de todos os processos envolvidos em um consórcio, o método de cálculo de suas parcelas é essencial para se sentir completamente à vontade. Venha conhecer um pouco mais sobre o mundo dos consórcios e aprenda a programar de acordo com o valor do seu pacote.

A busca pelo valor efetivo do bem que você pretende adquirir

Saber o quanto você paga a cada mês é tão importante quanto saber por quanto tempo você vai fazer esse esforço financeiro. Saiba exatamente o valor total aproximado do produto que pretende adquirir. Obviamente, este é o maior valor de base de todos os pagamentos.

Quais são os valores que precisam ser levados?

Um dos principais pontos a favor dos consórcios é que, ao contrário do financiamento comum, não há juros. No entanto, é muito importante lembrar que o consórcio é gerenciado por um administrador e que isso implica custos. No final do período, essa despesa será um pouco menor do que os juros, mas você ainda tem que planejar pagar por isso também.

O valor da taxa de administração varia de acordo com a empresa que gerencia o consórcio e é definido como porcentagem.

Ainda assim, é comum ouvir também sobre as taxas de adesão. Essa questão merece uma atenção particular, já que não é mais permitido. Há custos administrativos, mas os participantes não devem ter que pagar mais para aderir ao consórcio. No entanto, é comum que as empresas de gestão solicitem que o pagamento da taxa seja feito com antecedência e muitas vezes que o custo acaba sendo confundido com as taxas de adesão, quando, na verdade, não é.

E o fundo comum, como ele entra na equação final?

Basicamente, o consórcio é composto dos recursos agrupados que permitem a compra do imóvel. Este valor representa o valor do produto em si, o número de participantes, e o número de meses que dura o consórcio.

Saiba como são calculadas. Vejamos agora a equação final?

Valor do consórcio = FCM + TAM + SM

FCM = Fundo Comum Mensal

TAM = Taxa de administração mensal

SM = Seguro Mensal

Então, estava claro como são programadas as parcelas de um consórcio e como é estabelecido esse processo? Se ainda tiver dúvidas, fale com a gente por comentários. Caso queira realizar uma cotação, teremos prazer em te atender.

Artigos Relacionados

Open chat