Home Curiosidades Simulador de Consórcios: como funcionam e como utilizá-los?

Simulador de Consórcios: como funcionam e como utilizá-los?

de Administrador
Simulador de consórcios: como funciona e como usar?

Certamente não é à toa que muitos e muitos brasileiros escolhem o sistema de consórcio para ajudar a concretizar seus sonhos. A verdade é que esta modalidade traz múltiplos benefícios para seus usuários, incluindo a capacidade de prever o seu investimento através de um simulador!

Neste post, vamos explicar como funciona o simulador de consórcios e quais são os maiores benefícios de se utilizar esta ferramenta.

Como funciona um simulador de consórcio?

Não há nenhum segredo: usando um simulador de consórcio, você só precisa acessar o site da empresa responsável e procurar a opção de simulação. Aqui você escolhe o tipo de consórcio que deseja fazer (de imóveis, motocicleta, automóvel, entre outros). Feito isso, você insere dados pessoais para permitir que o administrador realize uma simulação com base em seu perfil.

Após este preenchimento, você pode escolher o suporte de simulação e pronto: o site mostra as possibilidades de valor e o número de pessoas em cada grupo.

Como é feito o cálculo?

No consórcio, o sujeito de dados deve pagar um valor mensal fixado por contrato. Para chegar a este valor, podem ser usados 4 itens:

  • fundos agrupados;
  • fundos de reserva;
  • seguros;
  • e despesas administrativas.

Fundos de Reserva e Seguros

O Fundo de Reserva e Seguro não são custos obrigatórios. Para serem faturados, devem, portanto, estar devidamente estipulados no contrato. O primeiro corresponde a uma espécie de reserva de emergência, sendo calculado sobre o valor do imóvel. O seguro já está previsto para 2 situações: seguro de vida e violação de garantia.

Como você pode imaginar, o seguro de vida deve ser cuidado pelo consórcio em caso de morte do participante. Já a garantia para quebra de garantia está relacionada com a contemplação do participante. Ela é um meio de garantir o pagamento de todas as parcelas, mesmo que o consorte já tenha recebido sua carta de crédito.

Fundo Comum e Despesas Administrativas

O fundo comum é responsável pela montagem de renda suficiente para a distribuição do crédito. Para calculá-lo, basta dividir o preço total do produto pelo número de meses de duração do consórcio. Já, taxas de administração são o pagamento do administrador por serviços prestados com o gerenciamento de grupo.

Taxas de Associação

Sempre pode haver taxas de adesão cobradas no início do plano, quando o participante assina o contrato. De acordo com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), esses direitos devem ser descontados da tarifa administrativa. Se a empresa falhar em obter um número suficiente de participantes para formar o grupo em até 90 dias, o consorte tem o direito de pedir o seu dinheiro.

Quais são os benefícios?

O simulador do consórcio é uma forma extremamente prática de saber se o plano escolhido atenderá às suas expectativas financeiras. Afinal, ao fornecer precificação e total de opções de escalas, a ferramenta permite prever os custos e tempo necessários para adquirir o bem de seu interesse. Com isso ela pode programar seu orçamento.

Com todas essas informações, já é possível entender como funciona o simulador de consórcios, não é mesmo? Caso queira saber mais sobre consórcios, visite nosso site ou confira outros artigos do nosso blog.

Artigos Relacionados

Open chat