Home Curiosidades Vale a pena comprar um consórcio contemplado?

Vale a pena comprar um consórcio contemplado?

de Davidson R. Alves
Vale a pena comprar um consórcio contemplado?

Vale a pena comprar um consórcio contemplado?

O que é consórcio?

Por si só, a palavra ‘consórcio’ representa parceria. Em um consórcio, um grupo de pessoas ou entidades se reúne para alcançar um objetivo ou resultado em comum, compartilhando seus recursos para isso. Esse objetivo varia de acordo com o seguimento ou interesse (um imóvel, um veículo, um tratamento de saúde e assim por diante). Em dado momento, quer por sorteio ou por lance, um dos participantes recebe uma carta contemplada – também chamada de carta de crédito – no valor correspondente ao objetivo ou necessidade daquele consórcio. Mas será que vale a pena comprar um consórcio contemplado?

Consórcio já contemplado

Desse modo, o consórcio contemplado é aquele em que o indivíduo já recebeu a carta de crédito para a realização do objetivo pré-determinado.

Defina seus objetivos e analise possiblidades

Quando se busca um consórcio contemplado é importante analisar quais são seus objetivos e prioridades antes de tomar uma decisão. “Estou buscando uma contemplação porque não tenho a certeza de quanto tempo levará para chegar minha vez? Preciso de uma carta de crédito o quanto antes para não perder uma grande oportunidade?” Fazer essas perguntas é importante para definir bem o objetivo e o prazo para que ele seja alcançado, economizando assim tempo e dinheiro.

O que é importante saber antes da compra?

Não se compra um consórcio contemplado de uma empresa ou da administradora do consórcio, mas sim de outro cliente que já havia recebido a contemplação. Em transferências desse tipo é natural que se cobre um valor a mais do que o montante pago das parcelas até o momento, chamado de ágio.

O ágio é a rentabilidade que o cliente contemplado espera receber em cima da venda da sua carta de crédito, considerando que ela teve uma valorização por sua disponibilidade. Esse valor pode acabar pesando no orçamento e consequentemente no seu custo efetivo total, junto à taxa de administração.

Pode acontecer ainda a aplicação de um valor superior quando se tem um vendedor ou empresa envolvida na transferência. Além do ágio, haverá um acréscimo inserido pela empresa responsável pela comercialização da carta contemplada.

É importante lembrar que não é possível fazer a transferência nominal sem uma análise de crédito feita pela administradora. Muitos se aproveitam disso para aplicar golpes por fazer a venda desse crédito antes que o comprador realize a análise. Nesses casos o comprador desembolsa o valor combinado, mas não tem a transferência nominal aprovada, resultando em perda.

Vale a pena ou não realizar a compra?

Para chegar a uma conclusão é fundamental levar os pontos acima em consideração. Ainda que o vendedor se mostre confiável, pode ser que o valor cobrado se aproxime de um financiamento, tornando assim a compra da carta de crédito menos vantajosa.

Caso não exista a urgência de uma contemplação, iniciar seu próprio consórcio pode ser mais recomendado do que adquirir o de outro cliente.

Alternativas para esse tipo de necessidade

Hoje existem várias alternativas pra ser contemplado mais rápido em um consórcio, ou até mesmo programar a sua contemplação. Além de disso, procurar adquirir um consórcio em que há a possibilidade de se ter a contemplação mais rápida resulta em economia quando comparado com outras alternativas.

Quer saber como acelerar suas chances de ser contemplado no consórcio? Clique no botao abaixo e faça o download do nosso ebook gratuito com 6 dicas para adiantar sua contemplação.

Baixar e-book dicas consórcio

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

Open chat